Líderes sindicais, ex-aliados de Cristina Kirchner comandaram uma grande manifestação contra a presidente na Argentina.