Mais de 140 países, entre eles o Brasil, firmaram um pacto mundial com a Organização das Nações Unidas (ONU) para restringir o uso do mercúrio, um metal altamente tóxico que se usa em objetos cotidianos como pilhas, lâmpadas e cosméticos.