A Coreia do Norte confirmou nesta quarta-feira (13) que cancelou o armistício de 60 anos que interrompeu a Guerra da Coreia. Pyongyng prometeu ainda, como próximo passo, uma retaliação militar impiedosa contra seus inimigos.