As grandes manifestações que deram início à revolta na Síria começaram em 15 de março de 2011. Exatamente dois anos depois, o movimento pró-democracia, que nasceu em meio à Primavera Árabe, se transformou em uma guerra civil sem data para acabar. Estimativas já apontam mais de 70 mil mortos no conflito.