O presidente interino da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, Américo Lacombe, anunciou que o colegiado optou por arquivar os dois processos envolvendo o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel.