A União Europeia negou nesta quarta-feira (24) que tenha havido acordo entre a Grécia e seus credores, pouco depois de o governo grego afirmar que tinha obtido junto à troika um prazo adicional de dois anos para cumprir com o ajuste orçamentário.