A Venezuela, um dos países com maior taxa de homicídio do mundo, começou uma campanha de destruição de armas. O governo tenta também restringir a venda de revolver e pistolas.