Uma pesquisa alerta: a contaminação de jovens pelo vírus da aids em São Paulo é cinquenta vezes maior do que a média do país. E entre quem tem de dezoito a vinte e quatro anos, cinquenta vezes maior. O avanço no tratamento fez com que muitas pessoas deixassem de lado a prevenção.