Um representante do presidente palestino, Mahmud Abbas, discutiu com autoridades chinesas, nesta sexta-feira (23), sobre o desejo de a Palestina ser reconhecida pela ONU ao menos como estado não membro. A conversa aconteceu ao mesmo tempo em que foi registrada a primeira morte na Faixa de Gaza desde o início do cessar-fogo entre o Hamas e Israel.