As autoridades das Filipinas anunciaram nesta quinta-feira (6) que o tufão que devastou o sul do país pode ser um dos mais mortíferos dos últimos anos. O fenômeno causou a morte de cerca de 500 pessoas, o desaparecimento de outras 400 e 250 mil estão desalojadas.